UOL JovemUOL Jovem
UOL BUSCA

19/02/2009 - 22h14

Saiba como escolher as peças certas para montar seu skate

DÉBORA COSTA E SILVA
Colaboração para o UOL
Montar seu próprio skate parece um desafio e tanto para quem está começando a praticar o esporte. A princípio, parece um bicho de sete cabeças escolher o tipo ideal de shape, de rodinha, de truck e de rolamento, entre outros adereços. Mas com a prática assídua, conversando com os amigos e pesquisando sobre o assunto, rapidamente o skatista já começa a perceber quais marcas e modelos mais se encaixam em seu estilo.

Divulgação
A aparência deve influenciar menos do que certos cuidados na hora de escolher os componentes do seu skate
Mas uma coisa é essencial para montar seu skate: não se deve levar em conta apenas as cores estilosas ou o design bacana de cada item. Tome cuidado para não se encantar demais com a aparência e esquecer de detalhes importantes que farão do seu skate o mais confortável e adequado para sua modalidade. Quais? Veja abaixo as principais dicas para montar o skate ideal:

Shape

O shape é a aquela tábua de madeira que serve de base para as manobras. Quando for comprar, teste a resistência da madeira subindo em cima do shape, pisando na parte da frente (nose) e na parte de trás (tail). Para iniciantes, os skatistas costumam recomendar um shape fino e leve pois facilitam o movimento e dão mais velocidade. Verifique também se o shape é compatível com a sua modalidade. Quem pratica street, por exemplo, prefere os mais estreitos. Já quem pratica vertical, acaba preferindo os mais largos. A curva do shape também influencia: quanto mais curvado, melhor para fazer as manobras de giro.

Trucks

Os trucks são os eixos do skate, onde ficam encaixadas as rodas, os rolamentos e o amortecedor. Essas peças são geralmente feitas de alumínio, mas existem modelos de plástico e poliuretano (material utilizado na confecção das rodinhas). Resistência e flexibilidade são os fatores que se deve levar em conta na hora de comprar. A modalidade do skatista não interfere tanto na escolha dos trcuks. Prefira os que têm mais leveza e melhor acabamento para poderem durar mais.

Rodinhas

Divulgação
Tudo o que diz respeito às rodinhas está relacionado à velocidade que o skate terá
Tudo o que se refere à escolha das rodinhas tem a ver com a velocidade. Então, tanto o design quanto o tamanho vão influenciar nesse aspecto. Para os iniciantes, recomendam-se as maiores, pois a velocidade fica um pouco mais reduzida, o que facilita o aprendizado. O contrário também vale, ou seja, as rodas menores são mais rápidas. A espessura é outro fator importante, que influencia no deslize e no desgaste, por isso prefira as mais duras. A dureza da roda é medida pela letra A e quanto menor o valor da roda, mais macia ela é.

Rolamentos

Entre as rodas e os trucks, ficam os rolamentos, que servem para diminuir o atrito que ocorre quando se anda de skate. Escolhendo bem e mantendo-os em bom estado (evitando terra, areia e água), o deslizamento do skate é garantido. Procure rolamentos com dupla vedação, que são as tampinhas metálicas nas laterais que protegem contra pó e sujeira. As marcas de rolamento são classificas pela sigla ABEC, que significa Annular Bearing Engineering Committee (ou Comitê de Engenharia para Rolamentos Anulares). Elas vêm acompanhadas de um número que define o modelo do rolamento e podem variar a classificação dependendo da marca ou da modalidade. Geralmente, quem pratica street prefere rolamentos entre ABEC 1 e 5 e vertical, a partir do número 5.



Consultoria:

Confederação Brasileira de Skate
"Cem por centro Skate"
"O Radical"
"Brasil Skate"
"Tudo sobre Skate"
Hospedagem: UOL Host